MINI CHURROS

Churros tem gosto de infância.Me lembro de quando passava no carrinho a caminho da escola pra comprar essas delícias.Já faziam muitos anos que eu não os preparava em casa.Nem sei se a receita é a mesma, preciso procurar minha receita antiga.
Aliás quando se fala em procurar uma receita antiga é um desespero, porque coleciono receitas desde os 11 anos de idade, então dá pra imaginar a quantidade né kkkkkkk.
Procurei várias receitas pela internet, mas nenhuma fazia sentido, então preparei deste modo que vou passar pra vocês.
Preferi no modo mini para ficarem mais sequinhos e comer com a mão como petiscos.


Ingredientes:
250ml de água
2 colheres (sopa) de margarina ou manteiga
1 pitadinha de sal (se a margarina for sem sal)
2 colheres (sopa) de açúcar
1.1/2 (uma e meia) xícara (chá de 240ml)de farinha de trigo
3 a 4 ovos
açúcar e canela para passar os churros
óleo para fritar

Doce de leite, brigadeiro ou creme de avelãs para acompanhar

Modo de preparo:
Em uma panela coloque a água, a margarina, o sal e o açúcar e leve ao fogo mexendo até levantar fervura.Sem apagar o fogo, retire a panela do fogo e acrescente a farinha de trigo batendo rapidamente com uma colher de pau.
Volte ao fogo e cozinhe por alguns segundos até formar uma bola lisa de massa.
Apague o fogo e aguarde alguns segundo mexendo para retirar o excesso de calor da massa.
Comece a adicionar os ovos um a um batendo rapidamente a massa a cada ovo adicionado.
Você deve bater rápido e com vigor para que a massa fique lisa e homogênea e que seus ovos se agreguem à massa sem cozinhar antes de ser incorporado.
Eu precisei de 4 ovos.
O ponto da massa deve ser ainda firme mas maleável para que você possa usar o bico ou maquina de biscoito para dar o formato em seus churros.
Cremosa, mas ainda firme.Não pode ser uma massa mole.
Depois que incorporar os ovos e sua massa estiver uniforme, coloque em saco de confeitar com o bico pitanga gigante ou na maquina de fazer biscoitos com o bico de formato estrela.
Aqueça o óleo em quantidade suficiente para eles boiarem nele, não aqueça dimais para que seus churros não fiquem dourado rápido e cru por dentro.
Quando o óleo estiver aquecido esprema a massa direto nele formando seus churros.
Fiz em formatos mini em duas versões mais compridos e como bolinhos de estrelinha.
Depois que o óleo está aquecido eu diminuo o calor da chama para que ele frite e cozinhe por igual.
Vire-os para que fiquem igualmente dourados dos dois lados.Escorra sobre papel absorvente e em seguida passe-os pelo açúcar misturado com canela.
As fotos não saíram tão boas como eu gostaria porque foram tiradas à noite, mas te garanto que não sobrou nada para ser fotografado hoje cedo.

Desejo que sua semana seja gostosa como a receita de hoje, com sabor de infância!

COISAS INTERESSANTES QUE VI POR AI 6

Demorei um pouco mais para trazer mais uma seleção das imagens interessantes que vi na internet.
Segue aqui mais algumas que me interessei e resolvi dividir com vocês.


Tenham uma ótima sexta feira e um final de semana melhor ainda.

GRISSINI

Olá meus amados.Me desculpem, mas é sim mais uma receita de pão.
Sou apaixonada por grissini e já fazia tempo que queria provar uma receita.E este foi o motivo da aquisição de mais um livro de receitas.

A fonte da receita é este livro, claro que dei uma adaptada de leve, mas passarei de acordo com o livro e junto o modo que preparei.

Ingredientes:
2 colheres (sopa) de azeite (usei 3 colheres) 
1 cebola média picada (usei desidratada)
30 gramas de fermento fresco especial para pães ou 10 gramas de fermento seco instantâneo
430ml de água (1.3/4 de xícara) de água morna (usei 400ml)
500 gramas de farinha de trigo (3.1/3 de xícara) (usei cerca de 550 a 600 gramas)
1 colher (chá) de sal
1 colher (chá) de açúcar
 4 colheres (sopa) de gergelim
usei parmesão e ervas finas também

Modo de preparo:
Na receita original pede para dourar a cebola no azeite e deixar esfriar.Eu pulei esta etapa porque usei a cebola desidratada.
Dissolva o fermento em um pouco de água morna e deixe repousar alguns minutos.Apenas o tempo pra você separar todos os ingredientes.
Misture ao fermento o restante da água, o sal, o açúcar e o azeite.
Coloque um pouco de farinha nesta mistura e comece a mexer com uma colher .Passe para a mesa com farinha e comece a acrescentar mais farinha (adicione a cebola desidratada) amassando muito bem até formar uma massa lisa, macia e elástica.Forme uma bola e coloque em uma tigela untada com azeite e deixe crescer em ambiente morno até dobrar de volume, por cerca de 1 hora.
*Depois que cresceu eu dividi a massa em duas partes.
Em uma das partes eu acrescentei ervas finas e parmesão e a outra parte eu fiz normal passando apenas pelo gergelim.
Pegue porções da massa e enrole sobre a mesa levemente enfarinhada formando cordões finos na espessura do seu dedo mínimo.
A massa de gergelim eu fiz rolando sobre o gergelim para que ficasse com gergelim no centro também, dando assim sabor e crocancia.
Forme cordões e corte no tamanho desejado.Coloque em assadeira untada com azeite deixando espaço entre eles porque crescem .Deixe descansar cobertos com um pano enquanto você termina de preparar o restante da massa.
Comece a assar pela primeira assadeira que você preparou.
Leve ao forno preaquecido a 230ºc por cerca de 5 a 7 minutos, até dourarem levemente.
Deixe esfriar, se conseguir resistir.Aqui em casa comemos quentinhos, quase nem consigo fotografar, rsrsrs.
A espessura fica muito ao seu gosto.Mas gordinhos ou mais fininhos.
Os mais fininhos ficam mais crocantes.
Se os seus grissinis ficarem molinhos, é só voltá-los ao forno por alguns minutinhos que ficarão crocantes e fresquinhos novamente.
Guarde-os em potes bem tampados para que não fiquem murchos.
São ideais para servir em coquetéis com patês, como acompanhamento de sopas e saladas, ou apenas para beliscar enquanto aguarda o preparo da comida.

Na maquia de fazer pão:
Coloque na cuba da maquina a água, o fermento, o sal, o açúcar e o azeite.Acrescente 500 gramas de farinha de trigo e coloque a maquina para amassar.Acompanhe este processo e vá adicionando um pouco mais de farinha para desgrudar a massa da cuba.
Na minha maquina esta medida de ingredientes deixou uma massa muito grudenta que prendia o batedor, por isso fui acrescentando lentamente colheres de farinha de trigo e adicionei mais 1 colher de azeite para ajudar a maquina a soltar a massa e conseguir sová-la.
Quando atingi o ponto de massa ainda mole mas que não prendia o batedor parei de acrescentar mais farinha.
Deixe a maquina amassar e aquecer levemente.Quando ela parar de bater e começar a aquecer.Desligue a maquina e deixe a massa descansar dentro da cuba que estará levemente morna.Descanse a massa até encher a cuba.
Retire a massa da maquina e faça do mesmo modo que feito à mão à partir do trecho que tem este símbolo*. 

Te desejo um ótimo dia!





Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Receitas Culinárias © Copyright 2012. Desenvolvido por Elaine Gaspareto